Governo de Mato Grosso

Centro Integrado de Assistência Psicossocial

Unidade I

A Unidade I do Complexo CIAPS Adauto Botelho refere-se a Unidade Hospítalar composta por duas enfermarias: A Internação Masculino Adulto e Internação Feminino Adulto
 

UNIDADE DE INTERNAÇÃO MASCULINA
A Unidade de Internação Masculina está composta por dois Postos de Enfermagem: Posto I, com aproximadamente 30 leitos, que atende casos de pessoas em recuperação de transtornos mentais graves, em episódios agudos; e Posto II, com aproximadamente 20 leitos, que atende pacientes com transtornos mentais graves crônicos, e também pacientes egressos do extinto Instituto Neuropsiquiátrico de Cuiabá.
Tem funcionamento 24 horas por dia, contando com: quatro equipes de enfermagem, distribuídas em plantões no formato 12 x 36 horas, alternando entre dias pares e ímpares, uma médica psiquiatra, dois psicólogos, três assistentes sociais, duas enfermeiras e uma Terapeuta ocupacional. Sua clientela é composta por pacientes do sexo masculino maior de 18 anos, em situação de crise psicótica, provinda de todo o Estado.
Ações desenvolvidas na Internação Masculina:

  • Atendimentos com profissionais de nível superior: Enfermagem, Psicologia, Psiquiatria, Clínico Geral, Serviço Social e Terapia Ocupacional. 
    Cuidados técnicos de enfermagem: procedimentos clínicos, ministração de medicamentos prescritos, cuidados clínicos, entre outros
  • Oficinas Terapêuticas: realizadas periodicamente pela Terapeuta Ocupacional, Psicólogos e Serviço Social (Posto I e II).
  • Cuidados na alta: a ser desenvolvido por Psicologia e Serviço Social, visa realizar encaminhamento e acompanhamento do paciente em vias de receber alta aos futuros serviços de referência ambulatorial: CAPS II, CAPS Álcool e Drogas, Ambulatório de Saúde Mental, Policlínicas e Pronto Socorro Municipais e Programa de Saúde da Família.
  • Visitas Domiciliares, a critério da equipe, quando se faz necessário para o bom atendimento das demandas.
  • Acompanhamento de licenças, propostas como recursos terapêuticos adicionais, para pacientes em internação de longa permanência, ou sem cuidadores na família de origem.
  • Acompanhamento de Pacientes no retorno a sua residência, nos casos em que se julgar necessários. (ver atualização por Vera Verney/Jozane).


UNIDADE DE INTERNAÇÃO FEMININA
O atendimento de mulheres portadoras de transtorno mental do Hospital Adauto Botelho existe desde sua fundação em 1957. Em dezembro de 2004, com a ampliação da estrutura física do hospital, definiu-se um espaço específico para o atendimento feminino, tornando-se assim, referência de assistência psiquiátrica em regime de internação em Mato Grosso, pois disponibiliza atendimento a todos os municípios deste estado. A Unidade funcionou até julho de 2006 com 02 enfermarias, com a capacidade de atendimento para 50 pacientes, excedendo muitas vezes este limite.
Atualmente, a Unidade funciona com 01 enfermaria, com a capacidade de atendimento para 20 pacientes. A redução destes leitos, assim como nas demais unidades do CIAPS Adauto Botelho, teve como fundamentos a Lei 10.216, que preconiza que a internação se faz necessária somente depois de esgotadas todas as possibilidades de atendimento em unidades extra-hospitalares e de urgência. A diminuição possibilitou a otimização de recursos humanos e financeiros, bem como o espaço físico do hospital. A Equipe Multidisciplinar constitui-se dos seguintes profissionais: 20 Técnicos (as) de Enfermagem; 03 Enfermeiros (as); 01 Arteterapêuta; 01 Psicóloga; 01 Médico (a) Clínico; 01 Médico (a) Psiquiatra; 02 Assistentes Sociais.
Esta Unidade atende usuárias portadoras de transtorno mental, maiores de 18 anos, que encontram-se em situação de surto psicótico, e que os recursos extra-hospitalares se mostraram insuficientes. A Unidade possui a disponibilidade de acrescentar mais 05 leitos para situações eventuais, tais como a falta de agilidade nos retornos de pacientes com alta médica ao município de origem; o limite de 20 leitos fixos mais 05 leitos eventuais, que somam 25 leitos não deverá ser excedido.
AÇÕES DESENVOLVIDAS NA INTERNAÇÃO FEMININA:

  • Atendimentos com profissionais de nível superior: Enfermagem, Psicologia, Psiquiatria, Clínico Geral, Serviço Social e Arte Terapia.
  • Cuidados técnicos de enfermagem: procedimentos clínicos, ministração de medicamentos prescritos, cuidados clínicos, entre outros.
  • Oficinas Terapêuticas: realizadas periodicamente pela Arte Terapeuta, Psicólogo e Serviço Social.
  • Cuidados na alta: a ser desenvolvido pela Psicologia e Serviço Social, visa realizar encaminhamento e acompanhamento do paciente em vias de receber alta aos futuros serviços de referência ambulatorial: CAPS II, CAPS Álcool e Drogas, Ambulatório de Saúde Mental, Policlínicas e Pronto Socorro Municipais e Programa de Saúde da Família.
  • Acompanhamento de Pacientes no retorno a sua residência, bem como Visitas Domiciliares, a critério da equipe, quando se faz necessário pra o bom atendimento das demandas.
  • Acompanhamento de licenças, propostas como recursos terapêuticos adicionais, para pacientes em internação de longa permanência, ou sem cuidadores na família de origem.

ATIVIDADES TERAPÊUTICAS COLETIVAS

ATIVIDADE PROFISSIONAIS ENVOLVIDOS CRONOGRAMA OU HORÁRIOS LOCAL
Música no pátio. Equipes da assistência, enfermeiro que disponibiliza o som, arteterapeuta. Música eletrônica: todas as manhãs, no horário do pátio. Pátio da Unidade I. 
Atividades externas. Terapia Ocupacional, Arteterapeuta e Fisioterapeuta e demais profissionais. Quinzenalmente. Sorveterias, museus, bosques, pontos turísticos dentro do perímetro urbano.
Sessão de cinema. Terapia Ocupacional e Arteterapia e demais profissionais que se dispõem. Um sábado por mês, às 18:00 h, previamente combinado. Refeitório dos pacientes.
Pintura em tela.  Arteterapeuta e Terapeuta Ocupacional Ala Masculina: atendimento matutino Sala de Atividades Terapêuticas de cada ala.
Confecção de colares e pulseiras. Terapeuta Ocupacional e Arteterapeuta Ala Masculina: atendimento matutino Sala de Atividades Terapêuticas de cada ala.
Confecção de ornamentos das festas comemorativas.  Terapeuta Ocupacional e Arteterapeuta Ala Masculina: atendimento matutino Sala de Atividades Terapêuticas de cada ala.
Confecção de papel reciclado. Arteterapeuta e Terapeuta Ocupacional Ala Masculina: atendimento matutino Sala de Atividades Terapêuticas (Posto II Masculina)
Jogo de vôlei no pátio. Enfermeiro, fisioterapeutas e demais profissionais da equipe. Horário do pátio, período matutino. Pátio da Unidade I
Caminhada. Terapeuta ocupacional, arteterapeuta, fisioterapeuta e equipe de apoio. Ala Masculina e Ala Feminina: atendimento matutino Parque Zé Boloflô.
Roda de violão Músico e arteterapeuta. Dia da comemoração dos aniversariantes do mês. Pátio da Unidade I.
Pintura dos muros do pátio. Arteterapeuta e Terapeuta Ocupacional. Período programado de acordo com o fornecimento de materiais pela administração. Pátio da Unidade I.
Cantinho da leitura. Arterapeuta. Atendimento matutino ou vespertino. Sala de Atividades Terapêuticas Ala Feminina.
Salão de beleza  Equipe da Ala Feminina, sob coordenação da fisioterapeuta,e apoio multiprofissional  Horários previamente combinados entre a equipe da Ala Feminina  Sala com equipamentos de salão de Beleza