Secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso

Notícia

(Modo de Impressão)

Imprimir Notícia

03/01/2019 - Rodolfo Pires - SES/MT

Corrida de Reis 2019 serve de incentivo para Hemocentro obter novos doadores

Doadores

Doadores

Vem aí uma das corridas mais importantes de Mato- Grosso: é a Corrida de Reis, que acontece no próximo domingo (06/01). Pensando nisso, Marcelo Modesto, doador efetivo do MT- Hemocentro, uniu vários outros doadores e voluntariamente criou um grupo de corredores no intuito de melhorar a saúde e também divulgar a importância da doação de sangue.

A Corrida de Reis, Edição 2019, é organizada pela TVCA, que é parceira do MT - Hemocentro na divulgação da importância de se tornar um doador voluntário, tendo em vista a necessidade de se manter o estoque de sangue do Hemocentro, principalmente no período de festividades e férias.

Denominado “Os Últimos”, o grupo foi criado em 2017. No início o grupo contava com apenas 30 corredores, já em 2018 o número subiu para 200 voluntários. Sempre uniformizados com uma camiseta personalizada com o símbolo do MT- Hemocentro, eles estão ganhando novos adeptos para doação de sangue por onde passam.

Marcelo Modesto, que é doador há mais de 15 anos, falou sobre a motivação do grupo, que participa pela segunda vez na Corrida de Reis. “O objetivo é usar a corrida como meio de divulgação, unir o cuidado com o corpo ao cuidado com o próximo, então nosso foco na corrida é a doação de sangue”.

A diretora geral do Hemocentro, Silvana Salomão, explica sobre a importância da doação no mês de janeiro.  “É importante essa doação de sangue antes que as pessoas viagem ou entrem em férias, porque nós temos que garantir os estoques de sangue para os hospitais. Nessa época temos muitos acidentes de trânsito, brigas em bares e restaurantes podem gerar feridos, então precisamos estar com estoque preparado”, observou.

A doação de sangue é um ato voluntário e altruísta de extrema importância, pois o sangue humano não pode ser fabricado artificialmente, logo é insubstituível.

Diariamente pessoas necessitam de componentes específicos do sangue para manutenção da vida humana, sendo a única forma de restauração da saúde.

O que é preciso para ser um doador de sangue?

·         Estar saudável e sentir-se bem;

·         Estar bem alimentado (evitar alimentos gordurosos nas 3 horas que antecedem a doação). Nunca doe sangue em jejum;

·         Estar descansado (ter dormido pelo menos 4 horas ininterruptas nas últimas 24 horas);

·         Pesar acima de 50kg;

·         Ter entre 16 e 69 anos, 11 meses e 29 dias, desde que a primeira doação seja feita até 60 (sessenta) anos, 11 (onze) meses e 29 (vinte e nove) dias, sendo que candidatos entre 16 e 17 anos devem estar acompanhados de um dos pais ou responsáveis legais;

·         Apresentar documento de identificação com foto (carteira de identidade, carteira de trabalho, carteira de habilitação, carteira de identidade profissional, reservista ou passaporte), emitido por órgão oficial, sendo aceita fotocópia autenticada do documento, desde que as fotos e inscrições estejam legíveis e as imagens permitam a identificação do portador (bom estado de conservação e dentro da validade vigente).

·         Não ingerir bebida alcoólica, no mínimo, 12 horas antes da doação;

·         Não ter se exposto à situação de risco acrescido para contaminação por doenças transmissíveis pelo sangue;

·         Pessoas que exercem profissões como piloto de avião ou helicóptero, motorista de ônibus ou caminhões de grande porte, ou que sobem em andaimes e praticam paraquedismo ou mergulho devem interromper as atividades por 12 horas após a doação de sangue.

 

Endereço do MT- Hemocentro

 

Rua 13 de Junho, 1.055 – Centro Sul - Cuiabá

Diretora geral: Silvana Salomão Cury Veloso.

Telefone/Fax: (65) 3623-0044.

E-mail: hemo@ses.mt.gov.br

Ouvidoria MT Hemocentro: Rosângela Buffulin.

      Telefone: (65) 3623-0044 / Ouvidoria setorial 0800 647 1213

      E-mail: ouvidoriahemocentro@ses.mt.gov.br