Governo de Mato Grosso

Notícia

23/11/2018 - Rodolfo Pires - SES/MT

Cridac inicia transição para a nova sede que, poderá atender 4 mil pessoas por mês

Novas instalações<br /><strong style='font-size:10px;'>(foto: Assessoria SES/MT)</strong>

Novas instalações
(foto: Assessoria SES/MT)

Em decorrência do processo de mudança para a nova sede, as atividades do Centro de Reabilitação Integral Dom Aquino Correa (CRIDAC) estarão suspensas temporariamente a partir da próxima segunda-feira (26.11). O novo prédio está localizado no Centro Político Administrativo, na Cidade da Saúde, área do antigo Hospital Central. A princípio, a previsão inicial é que os serviços estarão suspensos por três semanas, entretanto, devido a fatores externos, o prazo poderá ser estendido.

O novo prédio conta com 4,1 mil m² de área construída e mais 7 mil m² de áreas externas, contendo estacionamento para servidores e usuários. Construído dentro das normas técnicas exigida pelo Ministério da Saúde para um centro de reabilitação. O atendimento mensal de cerca de 2 mil pessoas, em uma área de 1,5 mil m², poderá chegar a 4 mil pessoas de todo o estado.

A ampliação do atendimento só foi possível com a obra, pois o prédio antigo não permitia mais ampliações por ser tombado como patrimônio histórico pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).  

Conforme a diretora do Cridac, Flávia Tortorelli, além da ampliação de atendimento quase duplicar, será possível a utilização de novos recursos terapêuticos, como o uso das duas piscinas aquecidas para hidroterapia. “As mudanças são almejadas há muitos anos, pois a estrutura do prédio é da década de 70, além de não suprir mais as demandas de serviços, quantidade de usuários e inovações tecnológicas que um processo de reabilitação necessita”, explicou a diretora.

O investimento total na obra foi de R$ 12 milhões e mais R$ 1 milhão para equipar o local. Os recursos utilizados foram recuperados nas ações de combate à corrupção, em parceria com o Ministério Público Estadual (MPE) e de empresários que montaram a Associação dos Amigos do Hospital Central. O projeto aproveitou parte da estrutura da obra parada do antigo Hospital Central e o restante da estrutura ainda será utilizada para abrigar a Cidade da Saúde.

Em 2013 foi habilitado pelo Ministério da Saúde na qualidade de Centro Especializado de Reabilitação tipo 3. Passando a atender 3 tipos diferentes de pontos de atenção, senso físico, auditivo e intelectual.

O usuário que tiver qualquer dúvida poderá entrar em contato pelos seguintes telefones:

·         98432-0868 - Flávia Tortorelli - Diretora geral

·         98432-0912 - Ângela Ruth - Coordenadora Técnica

·         98432-4460 - Gabriela – Fakir Naves - Coordenadora de Gestão Ambulatorial

·         98432 - 0383 – Zenaide Logrado – Coordenadora Administrativa

Como marcar seu atendimento no CRIDAC

Uma das maiores prerrogativas do SUS é a garantia de acesso do usuário a atenção à saúde em tempo adequado. Para isso, o CRIDAC CER III conta com fluxos de atendimento estabelecidos.

O usuário deverá se dirigir ao CRIDC CER III, no setor de Primeiro Atendimento, e apresentar documentos pessoais como RG, CPF, CNS e comprovante de residência, além de ter o encaminhamento para reabilitação.

A equipe de acolhimento com pré-consulta irá atender o usuário, verificar suas necessidades de saúde através de uma escuta qualificada e humanizada, analisar os critérios necessários e agendar sua avaliação multidisciplinar.

Passos para o agendamento do atendimento:

passo: Usuário vai ao CRIDAC com encaminhamento para reabilitação;

passo: Realiza-se o acolhimento para pré-consulta, triagem de análise de risco e abertura de prontuário;

passo: Agendamento de avaliação multidisciplinar com equipe especializada. Caso durante acolhimento seja verificado que o usuário não seja do perfil de atendimento do CRIDAC CER III, são feitas as primeiras orientações e encaminhamentos necessário para o caso.

Mais Notícias

Ler mais notícias