Governo de Mato Grosso

Notícia

16/09/2019 - Fernanda Nazário e Ana Lazarini | SES-MT

Profissionais da Atenção Primária à Saúde iniciam capacitação pelo PlanificaSUS

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) realiza nesta segunda e terça-feira (16 e 17.09) o segundo workshop do PlanificaSUS, no âmbito do Estado de Mato Grosso. Realizado em Rondonópolis, a expectativa é de que o evento reúna cerca de 2.500 profissionais da Atenção Primária à Saúde (APS) e da Atenção Ambulatorial Especializada (AAE).

Intitulado “A Organização da Atenção Ambulatorial Especializada em Rede com a Atenção Primária à Saúde”, o projeto é executado pelo Hospital Israelita Albert Einstein (HIAE), em parceria com o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), por meio do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (PROADI-SUS).

“O PlanificaSUS é um sonho de mais de uma década para a Saúde em Mato Grosso. É um dos projetos que a atual gestão implementou e que conta com a consultoria de uma das melhores estruturas de saúde do país. No entanto, é importante frisar que contaremos, sobretudo, com o empenho dos municípios e com a atuação de cada um dos servidores da Saúde, que são essenciais para transformar os ideais em realidade”, pontuou o secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo.

Coordenadora técnica do PlanificaSUS em Mato Grosso, Regina Paula Costa explicou que, inicialmente, o projeto é implantado na região de saúde sul mato-grossense, tendo Rondonópolis como município sede para, a partir das experiências adquiridas nesse processo, expandir o trabalho às demais regiões de saúde do Estado.

“Por meio do processo da planificação – que engloba os workshops e oficinas tutoriais que acontecerão de agosto de 2019 até novembro de 2020 –, a SES-MT movimentará cerca de 2.500 profissionais de saúde, incluindo servidores da própria Secretaria e dos 19 municípios pertencentes à região de saúde sul mato-grossense”, disse. 

Estarão à frente do workshop os facilitadores da Secretaria de Estado, dos Escritórios Regionais de Saúde e de alguns municípios da região, que são treinados pelo Hospital Israelita Albert Einstein. 

“A proposta é mudar a forma dos profissionais que trabalham na atenção primária e no ambulatório de especialidades. Queremos, a partir desse projeto, desenvolver a competência das equipes de saúde para o planejamento e organização da atenção à saúde, com foco nas necessidades dos usuários; reorganizar os processos de trabalhos das unidades de atenção primária; melhorar o atendimento à população, ofertando atenção de qualidade, resolutiva, e aumentando a satisfação do usuário do SUS com o atendimento recebido”, explicou Regina.

Programação

As atividades ocorrerão em quatro pontos diferentes da cidade: na Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) – campus Rondonópolis –, na Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secitec), no Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (Senat) e na UNIC de Rondonópolis.

As 2.500 pessoas serão divididas em dois grupos; um vai ser capacitado na segunda-feira e outro na terça-feira. A programação terá início às 8h, com apresentação da experiência da oficina tutorial, orientação e elaboração do trabalho em grupo sobre gestão com base populacional e territorialização da Atenção Primária à Saúde. 

Após o almoço, às 13h30, a primeira equipe a ser capacitada retornará com uma dinâmica de aquecimento – um trabalho em grupo sobre a Integração da Atenção Primária à Saúde e a Vigilância em Saúde, Vigilância em Saúde e a Construção Social da Atenção Primária à Saúde.  A segunda equipe a ser capacitada participará da mesma programação na terça-feira.

Além do município de Rondonópolis, esse mesmo workshop acontecerá, simultaneamente, nos outros 18 municípios da região de saúde sul mato-grossense por meio da atuação dos facilitadores do projeto.

Mais Notícias

Ler mais notícias